Fotografo: Assessoria
...
Publicação

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá votou pela nulidade do relatório produzido e votado pela Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, a qual pede a cassação do vereador Abílio Junior (PSC). 
O relator do processo na CCJR, vereador Wilson Kero Kero (PSL), ainda pediu o arquivamento da investigação, com base no que determina o Regimento Interno da Casa de Leis.  
 
O seu posicionamento foi apresentado na manhã desta quarta-feira, dia 04, durante reunião ordinária da Comissão. De acordo ele, foi detectado “irregularidades insanáveis”, principalmente no andamento processual.
 
O seu voto foi seguido pelo vereador Lilo Pinheiro (PDT), presidente da Comissão. O vereador Juca do Guaraná Filho (Avante), por sua vez, votou contra o relatório de Kero Kero. O parlamentar defende a manutenção do relatório da Comissão de Ética.
 
Diante disso, o parecer será remetido à presidência da Casa de Leis, que deverá colocá-lo em pauta para apreciação do plenário.