Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020 - 08:25
04/10/2020 as 03:52 | Por Assessoria | 1733
Kalil vai implantar mais 22 ‘Escolas em Tempo Ampliado’
O projeto iniciado na gestão Lucimar Campos (DEM) já abrange 22 unidades escolares, beneficiando mais de 1,7 mil alunos
Fotografo: Divulgação
Publicação

 

 

 

 

 

 

Visando ampliar as conquistas da gestão da prefeita Lucimar Campos (DEM), o candidato a prefeito pela coligação “Amor por Várzea Grande”, Kalil Baracat (MDB), quer avançar ainda mais na melhoria da educação municipal. Para isso, projeta implantar a Escola em Tempo Ampliado (ETA) em mais 22 unidades até o final de sua gestão, sendo 20 na zona urbana e 2 na rural.

 

Atualmente, o projeto iniciado na gestão Lucimar foi implantado em 22 escolas, beneficiando mais de 1,7 mil alunos. “Nossos alunos terão mais oportunidades de aprendizagem. Além disso, ficarão livres da ociosidade no contraturno. Queremos proteger os nossos filhos dos riscos das ruas e proporcionar aos pais a possiblidade de trabalharem sabendo que as crianças estão em ambiente escolar seguro”, completa Kalil.

 

Os estudantes integram o projeto, geralmente, a partir do 6º ano. Pela manhã, seguem a matriz curricular normal de acordo com a série que frequentam. No período da tarde, têm atividades que vão desde informática, dança, música e teatro, exercitando o corpo e a mente nas aulas de educação física, aprendem a cuidar de horta e recebem reforço nas oficinas de raciocínio lógico e letramento.

 

O projeto é mantido 100% com recursos do Município, desde que foi implantado em outubro de 2015. “É uma nova possibilidade de ensino e aprendizagem em Várzea Grande, ampliando para além das salas de aula e da matriz curricular normal, a formação cidadã de cada estudante”, observou Kalil Baracat.

 

Outro benefício do ETA é que o ensino fundamental está na melhora das médias escolares que passaram de 5,5 para 6 entre os estudantes que participam do programa em comparação com alunos que fazem apenas a matriz curricular normal nas escolas públicas do Município. “O resultado demonstra que estamos no caminho certo”, concluiu Kalil.

 

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil