Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021 - 21:06
28/12/2020 as 04:35 | Por Da Assessoria | 2820
NOTA DE ESCLARECIMENTO sobre a sede do Legislativo
A Câmara Municipal está a disposição para tirar todas as dúvidas dos munícipes
Fotografo: Divulgação
Publicação

 
A Câmara Municipal de Várzea Grande esclarece que a sede do Legislativo localizada na Avenida Castelo Branco foi devolvida no inicio de 2019 oficialmenre à Prefeitura, proprietária do imóvel.
 
Toda a responsabilidade de segurança e preservação do local é do Poder Executivo Municipal. 
 
A licitação para a reforma ou reconstrução do prédio foi feita sob responsabilidade da Prefeitura e segundo sabemos está sendo aguardando a liberação ambiental por meio da Promotoria do Meio Ambiente para iniciar a obra. 
 
O Legislativo Municipal destaca que no dia 23 de janeiro de 2019, uma equipe técnica da secretaria municipal de Viação e Obras de Várzea Grande  (SMVO-VG) cobdenou o atual prédio que abrigava o Legislativo detectando  várias danos estruturais no prédio que inviabilizavam seu uso ou a sua restauraçao.
 
 Dentre tais danos os engenheiros da Prefeitura identificaram umidade nas paredes, tanto externas quanto internas apesar das tentativas ano após ano de recuperação de reboco e pintura. Apesar de várias reformas, permaneciam vazamentos e goteiras que atingem equipamentos eletrônicos e móveis e as salas e setores tornando perigoso seu uso.
 
A equipe técnica que elaborou o laudo também cita, que havia infiltração no solo pela falta de drenagem no predio mal construído há várias décadas. Além disto, a estrutura do telhado e a fiação  precárias e estão fora dos padrões de segurança da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
 
A atual Mesa Diretora e o plenário da Câmara por unanimidade entendeu, apos ouvir a equipe técnica da Prefeitura, que insistir em reformas interminaveis seria desperdício de dinheiro público e o mais correto será a construção pela Prefeitura de um novo prédio suficiente para abrigar os 21 vereadores.   O local não comportava após o aumento do numero de parlamentares pela Emenda Constitucional Federal 58 de 2009.
 
A Câmara Municipal está  a disposição para tirar todas as dúvidas dos munícipes, como também da imprensa.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil