Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 - 19:30
23/08/2021 as 13:29 | Por Assessoria |
Polícia Civil recebe homenagem da OAB por investigação que elucidou homicídio de advogado
A vítima chegou a ser socorrida com vida, porém não resistiu aos ferimentos.
Fotografo: Assessoria
Publicação

 

 

 

A investigação realizada pela Delegacia de Tangará da Serra (231 km ao sul de Cuiabá), que esclareceu o homicídio que vitimou o advogado Edson Vicente da Costa recebeu homenagem concedida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), na noite de sexta-feira (20.08).

A Moção de Reconhecimento foi entregue ao delegado Adil Pinheiro de Paula, durante o evento “Ao Encontro da Advocacia”, realizado na Sede da 10ª Subseção em Tangará da Serra. A homenagem foi entregue pelo presidente da OAB, Leonardo Campos, e toda a diretoria do órgão.

O crime que vitimou o advogado Edson Vicente da Costa, conhecido como “Edinho”, ocorreu no dia 06 de novembro de 2020, tendo grande repercussão na cidade. Na ocasião, o servidor retornava de um evento político, em sua motocicleta Honda Bros, quando foi abordado na garagem de casa por um homem armado, que efetuou vários disparos de arma de fogo, atingindo a vítima nos braços, tórax e cabeça.

Fotografia por Rafael Paredes/Publisell MKT

As investigações demonstraram que não foi um roubo e sim uma execução. O autor dos disparos fugiu com a motocicleta da vítima. Logo após o fato, a esposa do servidor foi chamada ao local por vizinhos e encontrou a vítima caída na garagem. A vítima chegou a ser socorrida com vida, porém não resistiu aos ferimentos.

Nas investigações da Delegacia de Tangará da Serra, a esposa da vítima e o amante dela tiveram o envolvimento identificado no crime tendo as prisões preventivas decretadas  apontados ela como a mandante e ele como o executor do homicídio.

O delegado responsável pelas investigações, Adil Pinheiro de Paula, destacou o reconhecimento a  Polícia Civil no recebimento da homenagem pela investigação e elucidação do homicídio que chocou a cidade, tirando a vida do advogado e servidor público há mais de 30 anos,

“Os dois envolvidos no homicídio continuam presos, inclusive tiveram recursos negados no Tribunal de Justiça em Cuiabá e no STJem Brasília. A Polícia Civil se sente muito prestigiada, muito agradecida de tão honrosa homenagem concedida por um dos órgãos mais importantes da sociedade civil que é a OAB”, disse o delegado.

Fotografia por: Rafael Paredes/Publisell MKT

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil