Fotografo: Assessoria
...
Publicação

 

 

 

 

O prazo de fechamento das unidades do Ministério Público do Estado de Mato Grosso foi prorrogado para 31 de agosto, como medida de prevenção ao contágio da Covid-19. A tomada de decisão levou em consideração alguns fatores, entre eles, a nota técnica elaborada pela Universidade Federal de Mato Grosso sobre a evolução da pandemia, com estimativa de possível pico de casos de infecção da doença em seis regiões do estado no mês de agosto e, em outras cinco regiões, na primeira quinzena de setembro.

No Ato Administrativo que estabelece a prorrogação do prazo de fechamento da Procuradoria-Geral e Promotorias de Justiça, também foi citado o Boletim Informativo nº 13 dos Centros de Apoio Operacional do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, que aborda os dados oficiais sobre a Covid-19 em âmbito estadual, do qual se extrai o movimento ascendente da curva de casos confirmados e de óbitos pela doença.

O MP NÃO PARA: Desde o dia 20 de março, quando as unidades do MPMT foram fechadas em razão da pandemia da Covid-19, membros e servidores estão em regime de teletrabalho. De acordo com o último levantamento, até o dia 15 de julho já haviam sido contabilizadas 58.054 manifestações, 738 atendimentos, 801 recomendações, 2.302 manifestações encaminhadas à Ouvidoria, 13.838 diligências em procedimentos extrajudiciais, 4.551 denúncias oferecidas e 1.265 petições iniciais protocolizadas.