Fotografo: Divulgação
...
Publicação

 

 

 

 

Com um ritmo de obras acelerado, a prefeitura de Várzea Grande prevê concluir o ano de 2020 com 75 escolas e creches reformadas, ampliadas, refrigeradas e com equipamentos novos, em um universo de 85 unidades de ensino municipais. Prova disso é que a prefeita Lucimar Sacre de Campos, entregou à comunidade escolar do bairro Vitória Regia, a reforma completa da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) José Estejo de Campos, com destaque para a quadra esportiva da unidade, que permaneceu mais de uma década com suas obras paralisadas.

“Investir em educação é investir no futuro e em um mundo melhor para se viver. Investir em educação é investir em pessoas, é dar oportunidade a todos. Em Várzea Grande, investimos cada vez mais na qualidade de ensino e isso significa ampliar a oferta de vagas, oferecer infraestrutura, equipamentos e ambientes adequados aos alunos e profissionais da educação, estimulando assim o aprendizado. Mas também investimos na qualificação continuada dos nossos professores, e, em uma merenda melhor em nossas escolas. As conquistas que obtivemos até hoje são fruto e mérito do trabalho árduo de toda uma equipe e também da sociedade várzea-grandense”, declarou a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

A gestora também comemorou a ampliação do número de vagas na rede municipal de ensino. “Em 2015 tínhamos 23 mil alunos na rede pública municipal. Ao final deste ano, com mais de 88% de escolas e creches novas, reformadas e ampliadas atenderemos 28.570 alunos. É um investimento pesado que demonstra nossa preocupação com a educação de nossas crianças e jovens”, disse.

No total, foram investidos mais de R$ 515 mil na revitalização e equipamentos da unidade que contempla 09 salas de aula, 01 laboratório de informática todo equipado, 01 sala multifuncional, 01 secretaria, sala de coordenação, direção, 04 banheiros, refeitório, cozinha e quadra esportiva coberta. A unidade atende da pré-escola ao 5º ano, com crianças de 04 a 11 anos totalizando 450 alunos sendo 60 pelo programa Escola em Tempo Ampliado (ETA).

“Tenho 38 anos de trabalhos prestados à rede municipal de ensino de Várzea Grande, pois sou professora concursada da rede e posso afirmar que nesses últimos cinco anos foi o período que mais se investiu no setor da Educação. Avalio como a maior valorização da qualidade do ensino municipal, seja em infraestrutura, formação continuada dos funcionários desde o guarda, merendeiras, professores até os gestores da secretaria; isso sem falar nos investimentos em cultura, esporte e lazer que também foram universalizados em nossa cidade”, declarou a secretária Interina de Educação, Esportes e Lazer, Benedita Ponce de Arruda.

A “EMEB José Estejo de Campos” também se destaca no seu Índice de Desenvolvimento da Educação Básica onde sua nota é 5.9 e a coloca entre as cinco melhores unidades de ensino do município.  “Esse é um indicador criado pelo governo federal para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas e posso afirmar com certeza a inclusão da nossa escola em 2015 na Escola em Tempo Ampliado, o ETA, foi um dos principais fatores responsáveis por este resultado positivo”, informou o diretor da escola Gilmar Mussa de Moraes.

Além de destacar em seu discurso, o macroprojeto na área de Educação, desenvolvido na sua gestão, Lucimar Sacre de Campos, lembrou que até o final de agosto deste ano já foram aplicados 24,14% do orçamento municipal em Educação, dos 25% previstos na Constituição Brasileira.

“Em todos os anos aplicamos mais em Educação, do que o previsto em lei, porque nosso objetivo, desde as primeiras obras iniciadas ainda no segundo semestre de 2015, logo que assumi, foi o de proporcionar acomodações mais seguras e confortáveis aos alunos, professores e servidores da Educação. Estamos investindo pesado em obras de novas escolas, reformas, reparos, dentro de um conceito de padronização das escolas municipais. Este é um dos maiores programas de reforma de escolas públicas municipais e novas construções já realizadas na cidade, cujo levantamento indicou as unidades mais prementes para as intervenções de melhorias e investimentos, acordados com as necessidades dos bairros, para abertura de novas vagas”, pontuou.

A inauguração contou com a Banda Municipal de Música e apresentação de siriri cuiabano pelos alunos do ETA da unidade que oferece oficinas de dança, informática, teatro e apoio pedagógico.

A ESCOLA – Os cerca de 40 servidores da “Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) José Estejo de Campos”, comemoraram a revitalização da estrutura. “Nossa escola está mais atrativa e convidativa a estudar. As salas todas são climatizadas, os banheiros novos, cozinha arejada e agora temos de volta nossa quadra de esportes que há muitos anos precisava de reforma, pois é onde realizamos além de atividades esportivas, eventos de lazer como festas juninas e outras”, declarou a professora Melisia Gomes.

A professora Waldete da Guia Salasar Felipe explicou que sempre gostou de trabalhar na unidade de ensino e agora será melhor ainda. “Eu vejo nossa escola como referência no ensino. Nossa a escola se destaca pela equipe profissional, com pessoas responsáveis e comprometidas. Sempre gostei de trabalhar aqui e agora com o espaço físico aconchegante torna a escola melhor ainda para professores e alunos”, disse.

Para a coordenadora pedagógica da unidade, Jane Borges Ribeiro, a unidade de ensino é referência no bairro.  “Essa escola é referência para os moradores do bairro quando da execução de políticas públicas de outras áreas como a Saúde que desenvolve no local ponto de vacinação, a Assistência Social com seus programas, além de comemorações de datas. E, agora com a quadra reformada todos serão mais bem acolhidos”.

HOMENAGEM – A unidade de ensino municipal leva o nome de José Estejo de Campos, morador já falecido de Várzea Grande que era conhecido por levar o bem através da prática popular de benzer as pessoas. “Ele era um homem religioso, de muita fé e honesto, queria o bem de todos, benzia pessoas e animais com o objetivo de levar o bem a todos. Esta é uma homenagem merecida e que honra nossa família”, declarou a filha do homenageado, Maria Lourdes Amorim de Campos Almeida.