Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 - 16:09
27/05/2022 as 15:13 | Por Assessoria |
Cobrança Poderes irão convidar CMT e AGER para debater ausência de ônibus em Livramento
Vamos convidar a CMT e a AGER e ver o que realmente está acontecendo
Fotografo: Divulgação
Publicação

Na manhã desta sexta-feira (27), após participarem do evento que entregou as salas de “urgência e emergência” e a “sala vermelha” do Hospital Municipal Maria Arlindo da Costa, o prefeito de Nossa Senhora do Livramento, Silmar de Souza (UB), e o presidente da Câmara Municipal, Manoel Campos (PSB), afirmaram que irão convidar representantes do Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT) e da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso – AGER/MT, para explicarem sobre a ausência de ônibus no município.

Os chefes dos dois poderes se posicionaram após moradores reclamarem nas redes sociais sobre ausências do transporte intermunicipal entre Livramento/Várzea Grande/Cuiabá deixar de atuar em horários fixos na terra dos papa-bananas.

“Vamos convidar a CMT e a AGER e ver o que realmente está acontecendo, o porquê o motivo disso”, exclamou o prefeito Souza.

Já Manoel foi além ao dizer que, “não somente eu, mas todos os vereadores querem saber o motivo dessa interrupção no transporte.”

Vale lembrar, que essas ausências dos ônibus e conversação com a CMT e AGER sobre horários e até preços das passagens não é de agora. Em julho de 2018, CMT, AGER, Prefeitura, Câmara e população acertaram linhas entre os dois municípios, saindo de Várzea Grande às 04h00; 08h00; 12h30; 15h30 e 23h00. E, de Livramento: 05h30; 11h00; 14h00 e 17h00. Na época a passagem também foi reduzida entre os municípios, de R$ 9,95 (nove reais e noventa e cinco centavos) para R$ 7,12 (sete reais e doze centavos).




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil