Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Terça-Feira, 16 de Agosto de 2022 - 06:56
28/07/2022 as 15:13 | Por Assessoria |
DIA DO AGRICULTOR Mauro Mendes destaca ações para a Agricultura Familiar:
Governador ressaltou origem “na roça” e o fortalecimento das famílias que atuam na área
Fotografo: Divulgação
Publicação

 

 

O governador Mauro Mendes (UB) afirmou que só os investimentos realizados na Agricultura Familiar nos últimos três anos e seis meses - com recursos próprios do Governo do Estado - foram quatro vezes maiores do que nos oito anos anteriores. Ao parabenizar os agricultores e agricultoras de Mato Grosso pelo seu dia, que é comemorado nesta quinta-feira (26.07), o gestor fez um balanço das ações nessa área. “Investimos nos últimos três anos e seis meses de gestão mais de R$ 298 milhões na Agricultura Familiar. Esse valor é quatro vezes maior do que aquilo que foi investido entre 2010 e 2018, que foi pouco mais de R$ 75 milhões”, registrou ele, que é pré-candidato à reeleição. No total, de acordo com Mauro Mendes, foram entregues centenas de veículos e máquinas para beneficiar as famílias da agricultura familiar, em todas as regiões. “Também entregamos 524 resfriadores de leite, 2.752 embriões, 39 mil doses de sêmen, 1000 novilhas prenhas, 77 mil toneladas de calcário, 1,5 milhão de mudas de café, entre outras ações. Os pequenos agricultores precisam da mão do Estado para poder crescer, e é nosso dever ajudar, porque há mais de 200 mil famílias que vivem disso em Mato Grosso”, explicou. Mauro Mendes também citou a Lei do Susaf, que foi implementada em sua gestão, permitindo aos produtores vender para além de seus municípios. Outra medida importante foi a criação do Fundo de Aval Garantidor, no qual o Estado passou a ser avalista de empréstimos tomados por pequenos produtores. “Derrubamos essa restrição absurda, que engessava os produtores, e criamos um fundo que torna o Governo do Estado avalista da pequena agricultura familiar. Porque acontecia muito de um produtor ter que oferecer o seu próprio imóvel como garantia de empréstimo, ou não ter um imóvel em seu nome, ou não possuir um fiador, e com isso não tinha como fazer um financiamento. Agora o Estado atua como avalista e facilita que essas famílias possam crescer e desenvolver sua produção”, relatou. A atenção especial à Agricultura Familiar, segundo Mauro Mendes, ocorre por já ter vivido essa realidade. “Nasci no interior de Goiás e trabalhei na roça, como diziam antigamente, ajudando os meus pais. Sei a falta que faz um incentivo do Estado, um tratorzinho, uma novilha, um auxílio técnico. Além de não atrapalhar, o Governo precisa incentivar essa cadeia e é isso que estamos fazendo”, completou.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil