Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 - 16:06
31/03/2022 as 07:06 | Por Assessoria |
Reconstruindo Sonhos chega ao Centro de Ressocialização Industrial em VG
15 reeducandos participarão do projeto. São pessoas que deixarão a unidade nos próximos seis meses
Fotografo: Divulgação
Publicação

A quinta turma de reeducandos contemplados com o projeto Reconstruindo Sonhos iniciou as atividades nesta terça-feira (29), no Centro de Ressocialização Industrial Ahmenon Lemos Dantas, no município de Várzea Grande. O projeto, desenvolvido pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso em parceria com várias instituições, já está em execução na Penitenciária Ana Maria do Couto “May”, no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) e nas unidades prisionais de Colniza e Comodoro. Na próxima sexta-feira (01), iniciará também na Penitenciária Central do Estado.

Durante abertura das atividades, a coordenadora do projeto, promotora de Justiça Josane de Fátima de Carvalho Guariente, enfatizou a importância do envolvimento dos parceiros, citando nominalmente a participação do Poder Judiciário, da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (Seccional MT), Instituto Ação Pela Paz e Fundação Nova Chance.

“Esse projeto nasceu de um sonho antigo que está se tornando realidade, graças ao envolvimento de todos os parceiros. Sozinho, o Ministério Público não conseguiria colocar em prática essa iniciativa tão importante para ressocialização dos egressos do sistema prisional”, destacou a coordenadora do projeto.

O Reconstruindo Sonhos é dividido em duas etapas. Na primeira são realizados 12 encontros, que ocorrem uma vez por semana e abordam temas como valores, humanização e espiritualidade, relações interpessoais, família, comunicação, trabalho, perspectiva de futuro, planejamento, entre outros. Terminada essa fase, o projeto segue com a oferta de cursos profissionalizantes.

No Centro de Ressocialização Industrial Ahmenon Lemos Dantas, 15 reeducandos participarão do projeto. São pessoas que deixarão a unidade nos próximos seis meses e já se preparam para enfrentar os desafios que virão pela frente para reinserção social. Servidores da própria unidade serão os facilitadores do projeto.

Participaram da abertura das atividades o juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, a promotora de Justiça e primeira-dama de Várzea Grande, Januária Dorileo, o defensor Público André Rossignolo, o presidente da Fundação Nova Chance, Winkler Freitas Teles, a superintendente de Políticas Penitenciárias, Fabiana Thiel, entre outras autoridades.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil