Portal fundado em 01 de fevereiro de 2014; Pelo jornalista Roberto Marques

Cidadão Repórter

65992519733
Várzea Grande(MT), Domingo, 16 de Maio de 2021 - 12:30
30/04/2021 as 05:34 | Por Da Assessoria | 158
Vereadores participam de reunião que discutiu Redimensionamento na Educação
Antes das discussões, as autoridades livramentenses se mostraram preocupados
Fotografo: Publicação
Divulgação

 
Os vereadores pelo município de Livramento Éder Campos (PP) e Manoel Gonçalo (PSB), participaram nesta quinta-feira (29), de uma reunião com representantes da Educação (Estado e Município), que debateu os rumos que irão tomar as redes públicas - estadual e municipal de ensino - dentro da proposta de redimensionamento apresentada pela Secretaria Estadual de Educação (SEDUC). A reunião aconteceu na Secretaria de Educação em Livramento e contou com a presença do vice-prefeito do lugar, Thiago Almeida, da secretária da pasta, Maria Auxiliadora, do assessor pedagógico, Cássio Assunção, e de Emerson José de Sousa e o senhor Valdelino (representando o SEDUC).
 
Antes das discussões, as autoridades livramentenses se mostraram preocupados diante do redimensionamento proposto pelo estado com possível esvaziamento ou até fechamento de escolas, acarretando assim incompatibilidade da oferta e da qualidade do ensino, sem deixar de citar ainda, de como se dará a otimização dos recursos humanos.
 
“Queremos saber sobre o plano da SEDUC em infraestrutura para Livramento. Quais unidades poderão ser afetadas, como ocorrerá o remanejamento de alunos e professores”, questionou Auxiliadora que ainda completou: “Não queremos focar apenas na qualidade do profissional, mas também do aluno. Por isso provocamos essa discussão.”
 
A reunião foi provocada pelos Poderes Legislativo e Executivo do município.
 
Na mesma linha também pontou o vice-prefeito Thiago Almeida: “Teremos uma educação de melhor qualidade? Queremos saber disso?”
 
“Sou municipalista e assim vou defender uma educação de melhor qualidade para o meu município”, ponderou o vereador Manoel Gonçalo.
 
O assessor pedagógico no município, Cássio Assunção também se mostrou apreensivo diante do plano estadual para a Educação: “Um momento de muita expectativa, pois o redimensionamento poderá mudar a vida do livramentense, principalmente pra mim que sou pedagogo por anos.” 
 
Já o vereador Éder Campos se mostrou menos receoso ao parabenizar a todos os presentes na reunião, que segundo ele, trará melhoria no ensino em Livramento.
 
Após tantos questionamentos os representantes da SEDUC disseram da não necessidade de tanta apreensão por parte dos livramentenses, e que também não havia contrassenso por parte do Plano Estadual para a Educação local. Em resumo: o estado propôs formatar uma parceria com o município para reforma de duas escolas estaduais: Feliciano Galdino e José de Barros Maciel. Esta última contaria ainda com a construção de uma quadra esportiva.
 
Mas, o ponto maior do encontro foi à propositura de interesse do estado construir uma escola modelo dentro da sede de Livramento, com várias salas de aula, diretoria, secretaria, sala de professores, laboratório de informática, biblioteca, banheiros, vestiários, praça de recreação e urbanização, cozinha e refeitório, e instalações hidrossanitárias e elétricas. O prédio também deverá contar com quadra poliesportiva coberta. A parte da prefeitura tocou agilizar o terreno para a construção da escola padrão, e claro, dar os trâmites legais em lei.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil